O BLOG PROFISSIONAL FEITO PARA PROFISSIONAIS

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A IMPORTANCIA DA ANAMNESE CAPILAR

Ola, amigos e leitores esperam que estejam todos bem, e ansiosos por mais uma matéria.
hoje o nosso assunto e sobre anamnese capilar, muitos de vocês devem estar se perguntando, o que e isso? pois e algo que todos os profissionais de beleza deveriam saber e fazer, pois se trata de um diagnostico serio que te direciona ao acerto preciso.
O sucesso de qualquer atendimento dentro de um salão depende do primeiro e mais importante passo: o diagnóstico.
Várias clientes vivenciam experiências indesejáveis seja em relação ao resultado do tratamento, em relação à coloração, às mechas e em muitas vezes ao corte. Situações fáceis de serem evitadas se houver um diálogo, um diagnóstico.Durante o tempo que trabalhei como Educador existia um dia em que a marca dedicava ao salão escolhido a realização de um evento de diagnóstico junto às clientes convidadas: anamnese, análise capilar e análise com microcâmera.
 Para mim tratava-se de um procedimento natural e rotineiro de atendimento para que fosse indicado posteriormente o tratamento necessário de acordo com o que havia sido conversado, analisado e fotografado. Para as clientes eu percebia que era algo encantador, com o qual não estavam acostumadas.
O diagnóstico pode ser feito através de uma análise capilar, observando-se o couro cabeludo e a textura, a elasticidade e a resistência dos fios, e também por meio da anamnese, uma entrevista com a cliente onde, por meio de determinadas perguntas, ficamos sabendo do histórico do cabelo.
Podemos ainda utilizar a tecnologia para nos auxiliar nesse procedimento por meio de uma câmera de diagnóstico, capaz de ampliar a imagem do couro cabeludo e dos fios, filmando ou fotografando. Dessa forma conseguimos traçar um perfil das reais necessidades da cliente, necessidades muitas vezes ocultas aos olhos, mas revelada pela fotografia ampliada.


Muitas clientes apresentam couro cabeludo sensível, irritado e não sabem. Outras mostram fissuras na fibra devido à danos químicos ou mecânicos,  ou sinais de cutículas queimadas pela ação do calor sem termoproteção e não fazem ideia.
Por falta de um correto diagnóstico testemunham gradativamente a transformação negativa dos fios sem ver resultado nos tratamentos realizados.
Alguns profissionais e algumas clientes costumam sempre optar pelos mesmos tratamentos que conferem toque cosmético sem se preocuparem ou entenderem de necessidades mais profundas dos fios. É importante, por exemplo, proporcionar resistência e força (com produtos de tecnologia que também darão o mesmo toque cosmético) para cabelos que se encontram danificados.

É preciso saber: Qual a necessidade primária desse cabelo? Qual o foco do tratamento? E a mais importante e famosa de todas as perguntas, cuja resposta varia de profissional para profissional: Quanto tempo o resultado desse tratamento permanecerá no cabelo?

A real resposta dessa pergunta mais ouvida nos salões está calcada em dois pontos muito importantes: o profissional e a cliente.
O profissional precisa ter o conhecimento técnico: diagnóstico bem realizado, tratamentos indicados e a orientação correta dos produtos para manutenção em casa.

A cliente precisa da disciplina no uso correto dos produtos profissionais para manutenção.
Quando temos um correto diagnóstico e o tratamento indicado somados à disciplina de uso correto de produtos profissionais em casa o tempo de duração entre um tratamento e outro será indeterminado.

Tratamento é uma palavra que indica periodicidade, frequência.  Escute com atenção seu profissional e o que ele indica – após a realização do diagnóstico.

MANUTENÇÃO EM CASA
O sucesso de qualquer tratamento ou serviço deve-se também aos produtos de manutenção em casa, indicado pelo profissional. É justamente a manutenção em casa que irá manter e prolongar a durabilidade do tratamento profissional realizado no salão ou evitar resultados indesejáveis após a realização de serviços químicos.
Dessa forma, para iniciar um programa de tratamento, temos uma carga de tecnologia mais concentrada proporcionada no salão pelo profissional e um acompanhamento em casa da mesma tecnologia para dar suporte ao resultado desejado, o que não conseguimos a curto prazo com produtos de farmácia.

Não quer que as mechas oxidem dando um toque indesejado ao cabelo? Quer mais força para os fios após um alisamento? Quer uma cor mais viva, brilhosa e duradoura em seus cabelos? Deseja mais volume e densidade com toque macio? Gostaria de controlar a oleosidade da raiz e tratar do comprimento e pontas ressecados ao mesmo tempo?
Todas essas perguntas e outras têm sua resposta na equação: profissional + cliente + manutenção correta em casa.


(Acima - imagem de um cabelo alisado indevidamente com formol: fibras danificadas, apresentando fissuras e grande perda de matéria (fios prestes a partir) com grande ressecamento. Apresentando também descamções.) 

O produto profissional precisa ser indicado corretamente pela necessidade do fio e não do que precisa ser vendido. A quantidade correta também é fundamental: muitas clientes, acostumadas com produtos de farmácia –
que necessitam de maior quantidade para um bom resultado – costumam carregar na dose ao utilizarem produtos profissionais que são mais concentrados e, por isso mesmo, dispensam o uso excessivo e as grandes pausas de permanência do produto nos cabelos. Assim como na máxima da moda, em cosméticos, menos também é mais!
Outro ponto é a forma de utilização. O uso incorreto pode levar ao resultado não desejado. Fique atenta à orientações e formas de utilização de cada produto, pois um simples detalhe pode mudar sensivelmente sua performance.

Assim como um médico, um profissional precisa acompanhar o andamento e evolução do que a cliente usa em casa. No caso de dúvidas solicitar que ela leve os produtos ao salão para testarem juntos sobre a quantidade e a forma de utilização.

CABELO ACOSTUMA?
Os cabelos não acostumam com os produtos. Eles apenas suprem suas necessidades com àquela tecnologia específica. Ao perceber isso, após um longo período de uso, se pode trocar de tecnologia para tratar de outra característica ou necessidade dos fios, ou ainda alterná-las.
Agora, quando você compra um xampu, usa-o por duas a quatro semanas e ele deixa de produzir o efeito inicial. Logo, seu cabelo se habituou com ele, certo? Errado. O fato é que os cabelos deixam de ficar limpos corretamente - e esta é a principal função do xampu - quando o produto adquirido não é indicado para seu tipo de cabelo. Os Couros cabeludos podem ficar mais oleosos e os fios opacos ou sem vida. O desconforto leva as pessoas a uma busca incessante pelo xampu ideal. A boa nova é que hoje há produtos específicos para cada tipo de cabelo. Contudo, se você não está acertando na escolha, é sempre útil ouvir a opinião de um especialista, que pode ajudá-lo a identificar seu tipo de cabelo.
 
TRATAMENTO ou HIDRATAÇÃO?
Havia uma época em que a palavra para cuidar das madeixas era MASSAGEM. Depois veio a tão explorada e até hoje muito usada: HIDRATAÇÃO.
Hidratar nada mais é do que devolver água.
Entenda que hidratar um cabelo é algo que faz parte de um tratamento profissional, seja ele para reconstruir, nutrir, cuidar da saúde da cor etc.
É preciso saber o que pedir quando se chega ao salão! Tantas possibilidades de tratamento, em diversas marcas profissionais, não podem ser resumidas e igualadas como uma simples hidratação.

Então...
Você precisa entender quando lhe oferecerem uma nutrição: isso indica que os cabelos estão secos ou extremamente ressecados.  Se oferecerem uma reconstrução: os cabelos estão danificados mecânica ou quimicamente, e assim por diante.
É preciso também conhecer a fundo o real estado dos fios.

Costumo dizer que cuidar dos cabelos é como um relacionamento: precisa ser de mão dupla! Não basta só exigir dos fios, através das mais variadas formas de químicas, mas é preciso também se doar em tratamentos, em manutenção, devolvendo o que o cabelo perde durante essa jornada.
Quando essa via é de mão única os cabelos reclamam, e muito - isso, quando não vão embora...
Como você está cuidando dessa relação ultimamente?


Marque um horário e venha realizar um diagnóstico com microcâmera gratuito! Conheça mais sobre o seu cabelo!



Meu nome é Wagner Santos e minha meta e levar conhecimento para seu crescimento.



 Beijos......., no coração.

3 comentários:

  1. 👏👏👏👏👏👏👏super importante!
    Adorei!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. ola Wagner Santos, estou amando as materias, com relação a esta materia especifica, creio que todo salão de beleza devia fazer esse diagnostico antes de iniciar qualquer tratamento. Uma cliente pode chegar num salão querendo fazer um alisamento, mas o cabelo encontra-se sem condições nenhuma para realização de tal procedimento. por isso deixei de ir a salões, dizia que queria fazer algo no cabelo e na hora era feito, na ultima vez meu cabelo começou a cair tanto que fiquei com medo de ficar careca. E necessario profissionais que não queiram somente ganhar dinheiro e sim profissionais quem digam o que realmente a cliente precisa, honestidade ainda que não iara faturar muito.

    ResponderExcluir